Mudanças

Porque neste momento estou tão confusa com meus sentimentos, do que vai acontecer comigo, não tenho mais as rédeas de minha vida, meus extintos estão falhos, não consigo nem conversar sobre isso.

Ficar apaixonada é chato pra cacete!

Se eu acredito no amor? Eu tento e dedico.

Se quero ter filhos? Eu desejo e sonho.

Se quero casar? Eu confesso e rezo.

Nada é mais triste que acabar a vida só!

 

Conheço um monte de garotas legais, inteligentes, algumas bem sucedidas e outras não, bonitas e estão sozinhas.

Será que estamos procurando nos lugares errados, deveríamos abrir o leque a mais possibilidades além dos nossos gostos habituais?

Como ainda não tenho um desfecho final do meu caso, e este é um exemplar nítido da diferença do passado, e da abertura para nossas experiências, ainda aguardo.

Mas vocês que ainda não tentaram o diferente, onde o óbvio e a restrição fazem parte de suas vidas, e o receio da sociedade obstrui talvez sua felicidade, tenta, faça.

Não se esconda atrás do inequívoco, corra para felicidade, seja ela qual for, assuma seus sentimentos, seu pesar, suas dificuldades, cresça como pessoa, seja mulher de verdade, homem de coragem.

Não tenha medo do abismo do relacionamento, ou das frustrações que ele podem causar, não viver o hoje pode ocasionar no futuro um vazio de tentativas.

É sábia a frase prefiro acordar arrependido a dormir com vontade, se tem a chance de lutar por algo, agarre o momento, olhe o horizonte, respire e pule, estar no fundo é uma chance ou todas de viver.

 

 

Anúncios

2 comentários

Filed under Uncategorized

2 responses to “Mudanças

  1. As vezes eu acredito no destino. É como aquela velha história da mulher que passou anos descreditada do amor, ficando com e outro, e vai almoçar no mesmo lugar de sempre e acaba conhecendo o amor da sua vida. Mas outras vezes eu acredito que as vezes a gnt (as mulheres) precisa é da ousadia, de arriscar, de correr risco e de quebrar a cara pra assim dpois de muitos obstaculos e de mt historia vivida encontrar o q esteva procurando..
    Acho q deu p perceber q eu tb ando meio confusa com os meus sentimentos. ¬¬

  2. Danúbia

    As vezes, passa despercebido alguém que realmente iria te fazer feliz, pode ser na balada, na parada de ônibus, durante um almoço… Mas como a gente vai saber?? Sei lá, eu queria saber onde vou encontrar… Como vou saber se vou encontrar ou se já passou e eu não vi? Enquanto isso na sala de justiça… Vou curtindo… Adorei amiga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s